segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

2

azul


azul

 

os olhos sobrancelhas

da alma retina  

os verdes mares de tua íris

a sorrirem-me e cílios

é beijo se colam aos meus

lábios somos mistério

a perscrutar do outro o céu

noturno azul intenso

 

 


 

2 comentários

Marcos Satoru Kawanami

Malu, Feliz Natal.

Pablo Flora

Salve, Jorge! bela transfiguração poemaimagem. Abraço. Happy New Year!