quarta-feira, 1 de abril de 2015

0

Semana Santa

Passei por um cartaz, colocado ao lado de um boneco, em tamanho natural de um ser humano, vestido com roupas masculinas mal-ajambradas, que dizia:
"Vende-se Judas".
Perguntei, na ironia da situação, se era por trinta moedas, ao que o vendedor, muito sério, respondeu:
- Não, é por cinquenta reais!

Seja o primeiro a comentar: