sábado, 3 de agosto de 2013

1

Clepsidra


Clepsidra

Certa mortandade
de horas, de tempo.
Escorre a água
consumando a tempestade,
fechando o ciclo no sem fim.

O que se esfacela
tem a cor da inutilidade,
pois se pensa mais rápido
que a sutileza do olhar,
pois nem o desejo fálico
se despeja na boca sem corpo,
nem a presença do vidro
reflete o arco- íris que escorre
do esqueleto da cidadela.

Jorge Elias Neto

1 Comentário

On The Rocks.

Olá,

Quero parabenizar a turma pelo trabalho realizado aqui, e dizer que o site está entre os recomendados do On The Rocks.

Até mais,

Buenas.