quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

2

O NATAL e sua MAGIA...

Vivemos da magia. A magia do Natal está nas palavras que iluminam os nossos corações, assim como a magia da vida se encontra no poeta, porque ele é o representante do sentimento do mundo e nos leva à admiração simbólica da nossa presença no Natal. Também, une a tradição natalina aos seus conhecimentos literários, expressando o sentido da exaltação, transformando o Natal em momento mágico e feliz. “Cantemos a canção da vida / na própria luz consumida...” Mário Quintana; “Ando a procura da luz / como quem procura um nascimento: / um vão / uma fresta / o mundo” Leopoldo Scherner; “... O homem / ilumina / o homem / próximo...” Pedro Du Bois; “... Na luz imaginada / de um infinito amor...” Armindo Trevisan; Os poetas mostram através das palavras que o homem pode exprimir seus ideais: comunica-se, liberta-se e reinventa o novo ao se despedir do ano velho. A chegada do ano novo é o transformar em renovação, enredar-se nas palavras para ir além do encontro com os amigos e os familiares, porque as palavras representam os sonhos e fazem a magia da noite. É importante o “eco” das festas, pois contrasta a superação do ano velho na presença simbólica do novo. A partir dessa perspectiva, transversalizo a multiplicidade dos olhares poéticos que nos estimulam nas festas comemorativas e, ainda, cultivam a sensibilidade na criação e na recriação de imagens em palavras com múltiplas nuances, onde “a poesia sim, se verte à prosa da vida”(Fernando Paixão). “Existe em nós não o ano novo / mas // o renascido...” Lindolfo Bel; “O amor minha paz e minha guerra. Meu dia e minha noite. Meu inverno e meu verão...” João Cabral Melo Neto; “... a luz denuncia.../ amizade, ternura, amor.../ palavras/ sinais multiplicados de entendimentos / avisos luminosos da nossa esperança.” Pedro Du Bois; “... A esperança lançada / visto que o desejado / encontra-se dentro da própria alma” Benedito Cesar Silva. A renovação é esse encontro na recondução dos sentidos, para o que é visto todos os dias, ao utilizarmos os recursos dos versos na construção de poemas que saúdam as mudanças: poema e liberdade; ano novo e poesia. Buscamos a visão do belo que nos permite direcionar para uma vida alegre em sintonia com as perspectivas do novo ano, despertando o desejo de olhar o mundo com admiração ao desvendar o sentido da vida e transformar o ano novo em felicidade e magia.

2 comentários

Sissym
Este comentário foi removido pelo autor.
Sissym

Desejo para voce e aos amigos BOAS FESTAS. Desejo que todos nós tenhamos as bençãos para otimos 365 anos juntos, compartilhando idéias e emoções.

PAZ